Ubuntu

O Ubuntu é uma das distribuições Linux mais populares do mundo, conhecida por sua facilidade de uso, robustez e comunidade ativa. Desde o seu lançamento em 2004, o Ubuntu passou por diversas transformações e melhorias que o tornaram a escolha preferida de muitos usuários, desde iniciantes até desenvolvedores experientes. Neste artigo, vamos explorar a história completa do Ubuntu, sua evolução, as principais áreas de trabalho e muito mais.

Origem e Lançamento do Ubuntu

A história do Ubuntu começa com a fundação da Canonical Ltd. por Mark Shuttleworth em 2004. Shuttleworth, um empreendedor sul-africano, já tinha experiência no mundo do software livre, tendo financiado o projeto Debian anteriormente. Seu objetivo com o Ubuntu era criar uma distribuição Linux que fosse fácil de usar, estável e acessível a todos.

O primeiro lançamento do Ubuntu, chamado Ubuntu 4.10 “Warty Warthog”, ocorreu em 20 de outubro de 2004. Desde então, o Ubuntu segue um ciclo de lançamento semestral, com versões lançadas em abril e outubro de cada ano. Cada versão recebe um nome de código composto por um adjetivo e o nome de um animal, e um número de versão correspondente ao ano e mês de lançamento (por exemplo, 4.10 para outubro de 2004).

Evolução do Ubuntu ao Longo dos Anos

Ubuntu 6.06 LTS “Dapper Drake” (2006)

Uma das versões mais significativas do Ubuntu foi a 6.06 LTS “Dapper Drake”, lançada em junho de 2006. Foi a primeira versão de suporte de longo prazo (LTS), oferecendo três anos de suporte para desktops e cinco anos para servidores. Esta versão introduziu o instalador gráfico Ubiquity, que tornou o processo de instalação mais amigável.

Ubuntu 8.04 LTS “Hardy Heron” (2008)

A versão 8.04 LTS “Hardy Heron”, lançada em abril de 2008, consolidou a reputação do Ubuntu como uma distro estável e confiável. Introduziu melhorias significativas na interface de usuário e no suporte a hardware, além de incluir o navegador Firefox 3.0.

Ubuntu 10.04 LTS “Lucid Lynx” (2010)

O Ubuntu 10.04 LTS “Lucid Lynx”, lançado em abril de 2010, trouxe um novo tema visual chamado “Light”, que modernizou a aparência do sistema. Além disso, foi a primeira versão a incluir a Ubuntu One, um serviço de armazenamento em nuvem da Canonical.

Ubuntu 12.04 LTS “Precise Pangolin” (2012)

Em abril de 2012, a versão 12.04 LTS “Precise Pangolin” introduziu o HUD (Head-Up Display), uma nova maneira de acessar menus de aplicativos usando a busca por palavras-chave. Esta versão também marcou a maturidade da interface Unity, que substituiu o GNOME como ambiente de desktop padrão.

Ubuntu 16.04 LTS “Xenial Xerus” (2016)

O Ubuntu 16.04 LTS “Xenial Xerus”, lançado em abril de 2016, trouxe suporte para pacotes Snap, uma nova forma de empacotamento de software que facilita a instalação e atualização de aplicativos. Esta versão também foi a última a usar o Unity como ambiente de desktop padrão, antes do retorno ao GNOME.

O Retorno ao GNOME e Outras Mudanças

Em 2017, a Canonical anunciou que o Ubuntu 18.04 LTS “Bionic Beaver” voltaria a usar o GNOME como ambiente de desktop padrão, abandonando o Unity. Essa decisão foi bem recebida pela comunidade, pois o GNOME é um dos ambientes de desktop mais populares e estáveis no mundo Linux.

Ubuntu 18.04 LTS “Bionic Beaver” (2018)

A versão 18.04 LTS “Bionic Beaver”, lançada em abril de 2018, marcou o retorno ao GNOME e introduziu várias melhorias de desempenho e segurança. Além disso, esta versão trouxe melhor suporte para drivers proprietários, facilitando a vida de usuários com hardware específico.

Ubuntu 20.04 LTS “Focal Fossa” (2020)

O Ubuntu 20.04 LTS “Focal Fossa”, lançado em abril de 2020, trouxe melhorias significativas em termos de desempenho, segurança e interface de usuário. Esta versão também incluiu suporte aprimorado para ZFS como sistema de arquivos raiz e melhorias no gerenciamento de energia para laptops.

Ambientes de Trabalho no Ubuntu

O Ubuntu é conhecido por sua flexibilidade e suporte a diversos ambientes de trabalho. Além do GNOME, os usuários podem escolher entre várias outras interfaces, cada uma com suas próprias características e vantagens.

Unity

O Unity foi o ambiente de trabalho padrão do Ubuntu de 2011 a 2017. Desenvolvido pela Canonical, o Unity oferecia uma interface moderna e integrada, com recursos como o Launcher, Dash e HUD. Embora tenha sido descontinuado como padrão, ainda pode ser instalado por quem preferir essa interface.

Kubuntu (KDE Plasma)

Kubuntu é uma derivação oficial do Ubuntu que utiliza o KDE Plasma como ambiente de desktop. Conhecido por sua personalização e recursos avançados, o KDE Plasma é ideal para usuários que buscam um ambiente de trabalho altamente configurável.

Xubuntu (Xfce)

Xubuntu é uma versão do Ubuntu que utiliza o Xfce como ambiente de desktop. O Xfce é leve e rápido, tornando-o uma excelente escolha para computadores com recursos limitados ou para quem prefere um ambiente de trabalho mais simples.

Lubuntu (LXQt)

Lubuntu é outra variante oficial do Ubuntu, usando o LXQt como ambiente de desktop. O LXQt é projetado para ser leve e rápido, ideal para computadores mais antigos ou com hardware menos potente.

Contribuições e Comunidade do Ubuntu

Uma das maiores forças do Ubuntu é sua comunidade ativa e vibrante. Milhares de desenvolvedores e entusiastas contribuem para o desenvolvimento e melhoria contínua da distribuição. Além disso, a Canonical promove diversos eventos e iniciativas para envolver a comunidade, como o Ubuntu Developer Summit e o Ubuntu Community Council.

Conclusão

Ao longo dos anos, o Ubuntu evoluiu significativamente, mantendo-se como uma das distribuições Linux mais populares e influentes. Com seu compromisso com a facilidade de uso, estabilidade e inovação, o Ubuntu continua a atrair uma vasta gama de usuários, desde iniciantes até profissionais experientes. Se você está considerando experimentar o Ubuntu, agora é o momento perfeito para descobrir tudo o que essa incrível distribuição tem a oferecer.

Para mais informações e tutoriais sobre o Ubuntu, visite nossa página inicial ou confira nossa categoria dedicada ao Ubuntu.

Perguntas Frequentes

O que é o Ubuntu?

O Ubuntu é uma distribuição Linux baseada no Debian, conhecida por sua facilidade de uso, estabilidade e comunidade ativa.

Quem desenvolve o Ubuntu?

O Ubuntu é desenvolvido pela Canonical Ltd., uma empresa fundada por Mark Shuttleworth em 2004.

Quais são os principais ambientes de desktop do Ubuntu?

Os principais ambientes de desktop do Ubuntu incluem GNOME, KDE Plasma (Kubuntu), Xfce (Xubuntu) e LXQt (Lubuntu).

Como instalar o Ubuntu?

Para instalar o Ubuntu, você pode baixar a imagem ISO do site oficial, criar um pendrive bootável e seguir o processo de instalação. Consulte nosso tutorial para mais detalhes.

O Ubuntu é gratuito?

Sim, o Ubuntu é um sistema operacional gratuito e de código aberto, disponível para download e uso sem custos.

Instalar o Apache CouchDB no Ubuntu
Ubuntu, Tecnologia, Todos

Como Instalar o Apache CouchDB no Ubuntu 22.04

O Apache CouchDB é um banco de dados NoSQL que utiliza o formato JSON para armazenar dados, JavaScript para consultas e uma interface HTTP para sua API. É uma escolha popular para aplicações que necessitam de um banco de dados flexível e escalável. Neste tutorial, vamos guiá-lo pelo processo de instalação do Apache CouchDB no […]

Instalar o ZenCart no Ubuntu
Ubuntu, Tecnologia, Todos

Como Instalar o ZenCart no Ubuntu 22.04

O ZenCart é uma plataforma de comércio eletrônico gratuita e de código aberto, projetada para ser fácil de configurar e personalizar. Neste tutorial, vamos guiá-lo pelo processo de instalação do ZenCart no Ubuntu 22.04. Para seguir este guia, você precisará de um servidor cloud. Recomendamos a Vultr ou a DigitalOcean. Pré-requisitos Um servidor cloud rodando

Instalar o Servidor de Banco de Dados PostgreSQL
Ubuntu, Tecnologia, Todos

Como Instalar o Servidor de Banco de Dados PostgreSQL no Ubuntu 22.04

O PostgreSQL é um poderoso sistema de gerenciamento de banco de dados relacional de código aberto. Ele é amplamente utilizado por sua robustez, flexibilidade e conformidade com padrões SQL. Neste artigo, vamos guiá-lo pelo processo de instalação do servidor de banco de dados PostgreSQL no Ubuntu 22.04. Pré-requisitos Um servidor cloud rodando Ubuntu 22.04. Recomendamos

Como Configurar um Ambiente JupyterLab no Ubuntu 22.04
Ubuntu, Tecnologia, Todos

Como Configurar um Ambiente JupyterLab no Ubuntu 22.04

O JupyterLab é um ambiente de desenvolvimento interativo para notebooks Jupyter, código e dados. Ele é amplamente utilizado em ciência de dados, aprendizado de máquina e outras áreas que requerem análise de dados interativa. Neste artigo, vamos guiá-lo pelo processo de configuração de um ambiente JupyterLab no Ubuntu 22.04. Pré-requisitos Um servidor cloud rodando Ubuntu

Como Instalar o TeamSpeak 3 Client no Ubuntu
Ubuntu, Tecnologia, Todos

Como Instalar o TeamSpeak 3 Client no Ubuntu

O TeamSpeak 3 é uma das ferramentas mais populares para comunicação por voz entre jogadores e equipes de trabalho. Ele oferece uma qualidade de áudio superior, baixa latência e recursos avançados de personalização. Neste artigo, vamos mostrar como instalar o TeamSpeak 3 Client no Ubuntu. Siga este guia passo a passo para começar a usar

Como Instalar o Kazam Screencaster no Ubuntu
Ubuntu, Tecnologia, Todos

Como Instalar o Kazam Screencaster no Ubuntu

Se você precisa gravar a tela do seu computador para criar tutoriais, vídeos educacionais ou apresentações, o Kazam Screencaster é uma excelente ferramenta para isso. Neste artigo, vamos mostrar como instalar o Kazam no Ubuntu. Siga este guia passo a passo para começar a utilizar este poderoso gravador de tela no seu sistema. O que

Instalar o IRPF 2024 no Linux Ubuntu
Ubuntu, Tecnologia, Todos

Como Instalar o IRPF 2024 no Linux Ubuntu via Flatpak

Com a chegada do período de declaração do Imposto de Renda, é fundamental estar preparado para utilizar as ferramentas necessárias. Uma dessas ferramentas é o programa IRPF 2024, disponibilizado pela Receita Federal. Neste artigo, vamos mostrar como instalar o IRPF 2024 no Linux Ubuntu utilizando o Flatpak. Siga este guia passo a passo para garantir

Rolar para cima